Canal VE

13 de abril de 2024

Protótipo de moto elétrica da Triumph vai de 0 a 100km/h em 3,6s

Detalhe frontal do protótio TE-1, da Triumph

Protótipo TE-1, da Triumph, impressionou nos testes. Foto: Divulgação/Triumph

A Triumph Motorcycle, fabricante inglesa de motocicletas, anunciou a conclusão do projeto de desenvolvimento do TE-1, uma superesportiva elétrica, criando boa expectativa no mercado. Além de manter as principais características da montadora, o protótipo tem alto padrão de aceleração, atingindo de 0 a 100km/h em 3,6 segundos.

O projeto é fruto de uma colaboração entre Triumph Motorcycles, Williams Advanced Engineering, Integral Powertrain Ltd e WMG na Universidade de Warwick, financiada pelo Office for Zero Emission Vehicles por meio da Innovate UK, e foi estabelecido para criar desenvolvimentos inovadores na engenharia especializada em motocicletas elétricas e no design inovador de tecnologia integrada.

Desempenho impressiona

De acordo com a montadora, o extenso programa de testes envolveu inúmeras avaliações do desempenho da motocicleta na estrada e na pista, o que possibilitou cumprir todos os objetivos do projeto de acelerar o desenvolvimento e a inovação de motocicletas elétricas. 

Embora não tenha divulgado a velocidade máxima atingida nos testes, a Triumph anunciou que o TE-1 teve um desempenho semelhante à atual Speed Triple 1200, movida a combustão.

Visão traseira do protótipo TE-1 na garagem
Protótipo TE-1, da Triumph, impressionou nos testes. Foto: Divulgação/Triumph

O protótipo TE-1 oferece potência de pico de 130kW (o equivalente a 177cv), bem como torque de pico de 109Nm (11mkgf), para capacidade de resposta instantânea, potência controlada suavemente em toda a faixa de rotação. Com um peso total de 220 kg, o TE-1 é mais leve do que as motocicletas elétricas equivalentes disponíveis atualmente, em até 25%.

Além de ser mais leve, o protótipo também alcançou as metas estabelecidas para a capacidade energética da bateria desenvolvida pelo projeto Williams TE-1, com autonomia de 161 quilômetros, com base em testes e projeções oficiais. 

A capacidade da bateria também não foi anunciada, nem o tipo de alimentação, apenas que ela pode ser carregada até 80% em 20 minutos. 

Piloto Brandon Paasch acelera protótipo TE-1 em pista de testes
O piloto Brandon Paasch participa dos testes com o protótipo TE-1, da Triumph. Foto: Divulgação/Triumph

Convidado a participar dos testes, o piloto campeão da Daytona 200, Brandon Paasch, ficou com ótimas impressões sobre a motocicleta. “A resposta do acelerador no TE-1 é incrível, muito forte, e quando você toca o acelerador pela primeira vez é potência instantânea, que é obviamente o que eu amo como um motociclista — eu amo quando há um super torque que se mostra imediatamente. Então, para mim, foi uma experiência realmente impressionante”, disse o piloto. “Eu acho que esta seria uma moto muito boa para andar na rua, apenas com base no quão ágil e leve ela é”, afirmou. 

Ainda sem data de lançamento

Em sua conclusão, o projeto informa que a frenagem regenerativa foi implementada nos testes, com margem para otimização no futuro. Além disso, de acordo com a montadora, é possível ter mais eficiência na unidade geradora do motor e na transmissão, o que poderia melhorar ainda mais a autonomia no futuro das motocicletas elétricas da Triumph. 

Por se tratar de um protótipo, ainda não há data para um lançamento no mercado. Mas, a julgar pelo resultado dos testes, não deve demorar para chegar às ruas.

Ler o Anterior

Pontos de recarga em rodovias ainda são desafio para expansão de VEs

Ler o Próximo

Eve apresenta cabine do primeiro “carro voador” da empresa

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular