Canal VE

18 de maio de 2024

Mercado de veículos eletrificados tem o melhor mês da história

Carro elétrico recebe recarga em área demarcada para esse tipo de veículo

Mercado de veículos eletrificados mantém crescimento constante. Foto: Divulgação/Freepik.

Com 6.435 unidades vendidas, o mercado de automóveis e comerciais leves eletrificados teve, em maio de 2023, o melhor mês da história, de acordo com o levantamento da ABVE (Associação Brasileira do Veículo Elétrico)

O recorde nas vendas de híbridos e elétricos contrasta com o momento vivido pelo mercado geral de automóveis e comerciais leves, que teve o pior resultado nas vendas desde 2016, segundo a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

Embora o mercado de veículos eletrificados ainda seja pequeno, na comparação com o geral, os híbridos (HEV), híbridos plug-in (PHEV) e 100% elétricos (BEV) mantêm uma taxa de crescimento constante nos últimos meses na preferência dos consumidores. Em maio, esse mercado atingiu o recorde de 3,86% de participação sobre o total de vendas domésticas de veículos leves no Brasil (6.435, sobre um total de 166.365).

No acumulado do ano, a participação de mercado foi de 3,4% (26.014, sobre um total no período de 754.851 vendas totais de leves no mercado doméstico), de acordo com os dados da Fenabrave.

Com esses números, o total de veículos leves eletrificados em circulação no Brasil, desde janeiro de 2012, passou a marca dos 150 mil veículos, chegando em maio de 2023 a 152.518 unidades.

Gráfico mostra dados da série histórica de vendas de veículos eletrificados no Brasil
Série histórica da venda de automóveis e comerciais leves eletrificados no Brasil. Arte: Reprodução/ABVE.

Recorde histórico

As vendas de veículos eletrificados no mês de maio de 2023 superaram o recorde anterior, registrado em setembro de 2022, quando 6.391 veículos elétricos e híbridos tinham sido emplacados. 

As vendas de maio representaram um crescimento de 34,26% nos resultados de abril de 2023. Se comparado ao mês de maio de 2022, a alta foi de 89,94%. Já o acumulado no ano de 2023 (cinco primeiros meses) representa uma alta de 58,73% em relação ao mesmo período do ano anterior. Os dados são da Fenabrave.

“Em maio, o volume foi de 6.435 unidades, com os híbridos representando 90% do total. Os elétricos puros somaram pouco mais de 600 unidades”, afirma Andreta Júnior, presidente da Fenabrave. 

Ler o Anterior

Oggi Bikes fornece seguro grátis contra roubo e furto para clientes

Ler o Próximo

Volvo lança o EX30, SUV elétrico que chegará ao Brasil em 2024

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular