Canal VE

18 de maio de 2024

Fórmula E em São Paulo terá operação especial de trânsito

Ônibus elétrico verde passeia pelo Sambódromo do Anhembi

Linha especial terá ônibus elétricos para transportar público ao circuito de rua do Anhembi. Foto: Divulgação/On Board Sports.

A Fórmula E chega ao Brasil pela primeira vez desde que a categoria foi lançada, em 2013. E um dos principais cartões postais de São Paulo será palco da maior reta da temporada, com cerca de 750 metros de extensão: o Sambódromo do Anhembi.

O São Paulo E-Prix, que será realizado neste sábado, 25 de março de 2023, com largada marcada para as 14h, é a sexta etapa das 16 programadas da 9ª temporada da Fórmula E, competição de carros elétricos de alta performance que viaja o mundo com o propósito de levar a mensagem da inovação e da sustentabilidade para os grandes centros urbanos. 

Por isso mesmo as corridas da categoria são disputadas, na sua maioria, em circuitos de rua. Em São Paulo, não será diferente. O circuito montado no entorno do Sambódromo tem 2.940 km de extensão, com 11 curvas no total. O traçado utilizará também a Avenida Olavo Fontoura, além da dispersão e parte do centro de convenções do Anhembi.

“É um sonho para mim desde a primeira corrida de Fórmula E, em 2013. Foi difícil, mas depois de 10 anos de trabalho árduo e persistência, finalmente está acontecendo na 9ª temporada. Será muito emocionante correr lá. Sou de São Paulo, nasci a poucos minutos de distância e cresci lá. Vai ser incrível correr na frente dos fãs da minha casa”, disse Lucas di Grassi, da equipe indiana Mahindra.

Outro piloto brasileiro na prova, Sérgio Sette Câmara também está na expectativa para a prova. “É a primeira vez que vou correr em casa, e isso é muito especial. Ter minha família, meus amigos, todo o público brasileiro acompanhando. Vai ser uma corrida mágica e, com certeza, a mais importante do ano para mim”, falou o piloto da equipe chinesa Nio 333 Racing.

Lucas di Grassi, com roupa branca, e Sérgio Sette Câmara, de roupa azul marinho, conversam animadamente com o sambódromo do Anhembi ao fundo
Lucas di Grassi (à esq.) e Sérgio Sette Câmara são os representantes do Brasil na Fórmula E. Foto: Divulgação/On Board Sports.

 

Programação do evento

As atividades da Fórmula E no Anhembi começam na sexta-feira, 24 de março, com o shakedown, às 14h30. Esse é um período de 15 minutos que serve para os pilotos conferirem os sistemas eletrônicos dos carros e ter um prévio conhecimento do circuito. 

O primeiro treino livre está marcado para as 16h30 da sexta-feira, com 30 minutos de duração. A sessão é utilizada pelas equipes para realizar os primeiros ajustes nos carros. 

No sábado, 25 de março, acontece o segundo treino livre, também com 30 minutos de duração, a partir das 7h30 da manhã. Na sequência, às 9h40, acontece o treino classificatório, que define o grid de largada, até 11h da manhã. Já a corrida tem largada prevista para as 14h04, com transmissão ao vivo na TV aberta pela Band. Para acompanhar os treinos de sábado e a corrida presencialmente, os ingressos ainda estão disponíveis na bilheteria oficial do evento.

Mapa do circuito de rua que será montado no entorno do Sambódromo do Anhembi. Foto: Divulgação/Fórmula E.
Mapa do circuito de rua que será montado no entorno do Sambódromo do Anhembi. Foto: Divulgação/Fórmula E.

 

Acesso do público

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) realizará operação especial de trânsito nas principais vias de acesso ao Sambódromo do Anhembi, para a realização do evento. A operação especial está programada para acontecer das 23h de sexta-feira às 23h de sábado.

O Sambódromo está localizado entre as pontes das Bandeiras e Casa Verde, tendo como principais vias de acesso as avenidas Olavo Fontoura, Assis Chateaubriand (Marginal Tietê), Braz Leme e Santos Dumont. 

O acesso do público será somente pela Praça Campo de Bagatelle (Avenida Olavo Fontoura – Portão 2) ou Rua Marechal Leitão de Carvalho (Portão 5 ou 3).

O principal estacionamento para o público está localizado no Pavilhão de Exposições do Anhembi, com acesso pela Rua Marechal Leitão de Carvalho, junto ao Portão 5.

No entanto, a recomendação é utilizar o transporte público. Linhas especiais de ônibus elétricos vão realizar o transporte de passageiros da estação Tietê do Metrô até a entrada do Anhembi. 

Segundo a SPTrans, a linha especial 179A/10 Metrô Tietê – Anhembi será operada com 14 ônibus elétricos. Os veículos fazem parte da frota de veículos elétricos a bateria que operam no sistema de transporte público do município de São Paulo.

A SPTrans também disponibilizará 12 vans do Serviço Atende+ para o evento, possibilitando a locomoção gratuita de pessoas com mobilidade reduzida.

Ler o Anterior

Investimento na eletromobilidade cria 143 mil empregos nos EUA

Ler o Próximo

GWM aposta no etanol para acelerar a eletrificação no Brasil

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular