Canal VE

14 de junho de 2024

Enel X lança hub de recarga com 20 vagas no Shopping SP Market

Hub de recarga da Enel X no shopping SP Market, em São Paulo

Hub inaugurado no SP Market é o maior, no Brasil, dentro de um shopping. Foto: Rubens Morelli/Canal VE

A cidade de São Paulo ganhou mais um hub de recarga para veículos elétricos e híbridos plug-in. A Enel X, divisão do Grupo Enel para soluções energéticas avançadas, instalou carregadores semi rápidos e rápidos para atender até 20 carros simultaneamente no estacionamento do Shopping SP Market, Zona Sul da capital paulista.

O novo espaço, com 195 kW de potência instalada, é o maior hub de energia dentro de um shopping center do Brasil, oferecendo uma solução prática e eficiente para os proprietários de carros elétricos durante a visita ao estabelecimento comercial. Além disso, preenche uma lacuna importante na Zona Sul, uma região carente de serviços semelhantes.

As 20 vagas receberam uma pintura especial para orientar os motoristas que acessam o shopping. São 18 estações semi rápidas, de 7 kW a 22 kW de potência em corrente alternada (AC) – respeitando a capacidade do carro -, todas do tipo 2, e uma estação de carga rápida, em corrente contínua (DC), de 60 kW, com duas pistolas (CCS2 e CHAdeMO).

Para o mês de inauguração, as recargas estão com valores promocionais. Para a recarga semi rápida, o custo é de R$ 1,50 por kWh, enquanto as recargas ultra rápidas custam R$ 1,80 por kWh. Os preços promocionais são válidos até o dia 29 de fevereiro. O custo convencional para recarga será de R$ 1,80 por kWh, para as recargas de 7 kW a 22 kW e R$ 2,30 por kW, para as recargas no equipamento de 60 kW.

“O impacto desse hub de recarga é essencial para o desenvolvimento e a evolução da eletrificação no Brasil. Ao disponibilizar mais eletropostos, reforçamos a confiança do consumidor na aquisição de veículos elétricos e participamos ativamente na remodelação do perfil de consumo, oferecendo um novo espaço que combina segurança, conforto e rapidez na recarga”, afirma Francisco Scroffa, diretor geral da Enel X.

Hub de recarga da Enel X no shopping SP Market, em São Paulo
Entre os 20 pontos de recarga, 18 tem potência de 7 kW a 22 kW e outros dois de 150 kW. Foto: Rubens Morelli/Canal VE

Localização estratégica

O local escolhido pela Enel X para a instalação do primeiro hub de recarga da marca é estratégico para o modelo de negócio proposto. As recargas serão pagas, de acordo com a fonte de energia escolhida.

“É um local no qual fizemos uma parceria com o shopping: eles disponibilizam o local, que geralmente é um estacionamento pago, para que seja exclusivo para carros elétricos. A segunda coisa é que disponibilizamos energia. E por que é importante que seja pago? É importante porque o que nós queremos fazer é construir um modelo de negócio que seja sustentável, ou seja, que possa se manter ao longo do tempo”, diz Scroffa, citando que o hub do Shopping SP Market servirá de estudo para novas instalações.

“Estamos avaliando vários outros locais, fazendo scouting, entendendo o que nossos parceiros precisam. Em breve iremos anunciar outros. Claro que esse é o primeiro, queremos ver também como é a dinâmica desse aqui para aplicar as lições aprendidas em outros projetos. Então eu quero ver a quantidade de motoristas que carregam aqui, qual a frequência, horários, e nos prepararmos para que no segundo projeto aplicar todas essas lições aprendidas, para começar a espalhar e seguir melhorando”, completa o CEO da Enel X no Brasil.

Representantes da Enel X e do shopping SP Market durante a inauguração do hub de recarga
Francisco Scroffa diretor geral da Enel X (esq.) e Edélcio Cazelato, superintendente do Shopping SP Market (dir.). Foto: Rubens Morelli/Canal VE

Comodidade para clientes

Para Edélcio Cazelato, superintendente do Shopping SP Market, a parceria com a Enel X é benéfica para todos.

“Esse hub, que é o maior e pioneiro em shoppings do Brasil, nos coloca na vanguarda dos carros elétricos. Aí nós temos a facilidade especificamente para quem trabalha. Haverá a possibilidade de pernoitar no shopping para carregar, aí podem colocar no carregamento mais lento, mas eles deixam o carro a noite inteira e começa a trabalhar no dia seguinte, ou então, quem trabalha na madrugada, pode deixar durante o dia. Mas ao mesmo tempo, vamos ter o cliente que vai vir para o shopping, vai no cinema, tem um carro elétrico e ainda não tem uma facilidade de acesso de hub para carregamento, ele deixa carregando, com toda a comodidade e segurança. Fora que estamos em um shopping de fluxo muito alto e de acesso muito fácil, e é por isso que essa parceria com a Enel X é um ‘ganha, ganha’”, afirma.

*Errata: A potência correta do equipamento em corrente contínua (DC) é de 60 kW. O texto foi corrigido em 7/2/2024.

Hub de recarga da Enel X no shopping SP Market, em São Paulo
Com recargas pagas, o hub é um novo modelo de negócio da Enel X para recargas no Brasil. Foto: Rubens Morelli/Canal VE

Ler o Anterior

VW recebe R$ 500 mi do BNDES para desenvolvimento de VEs

Ler o Próximo

Carros eletrificados têm o melhor mês de janeiro da história no país

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular