Canal VE

25 de fevereiro de 2024

De olho na COP 30, governo do Pará compra 40 ônibus elétricos

ônibus elétrico dentro de fábrica da Eletra

Ônibus elétricos da Eletra vão integrar a frota do transporte metropolitano em Belém (PA). Foto: Marco Santos/Divulgação/Ag. Pará.

Já nos preparativos para receber a COP 30, em 2025, o governo do Pará encomendou 40 ônibus elétricos da Eletra para integrar o sistema BRT (Bus Rapid Transit) da região metropolitana de Belém. Além da capital paraense, as cidades de Ananindeua, Benevides, Marituba, Santa Bárbara do Pará e Santa Izabel do Pará serão beneficiadas pelo transporte metropolitano.

Os 40 e-Bus vão atender a COP 30, a 30ª edição da Conferência do Clima, promovida pela ONU (Organização das Nações Unidas), que acontecerá em Belém em novembro de 2025. Com investimentos de R$ 120 milhões, os veículos serão entregues entre setembro e outubro de 2024, e já poderão entrar em operação.

A aquisição faz parte do programa criado para descarbonizar o Estado e foi realizada por meio de licitação na modalidade eletrônica conduzida pela Agência de Transporte Metropolitano do Estado do Pará (Agtran), órgão responsável pela gestão do sistema BRT Metropolitano.

“Aqui nós compramos os ônibus do BRT, os primeiros ônibus elétricos zero emissão, que atenderão os municípios da região metropolitana: Belém, Ananindeua, Benevides, Marituba, Santa Bárbara do Pará e Santa Izabel do Pará”, disse o governador do Pará, Helder Barbalho, em visita à fábrica da Eletra, em São Bernardo do Campo, em 2 de fevereiro de 2024.

“Já no início do segundo semestre, nossos ônibus começarão a chegar ao BRT Metropolitano promovendo a integração do transporte e proporcionando qualidade na mobilidade. Belém está se preparando, com sustentabilidade, para a COP 30, em 2025. Em respeito às pessoas, estamos cuidando do transporte coletivo na região metropolitana”, completou Barbalho.

Ao todo, 300 novos ônibus estão previstos para circular pela região metropolitana de Belém já a partir do primeiro semestre de 2024. Além dos elétricos, outros modelos, movidos a diesel, devem compor a frota.

Homens e mulheres usando capacete observam instalações de fábrica de ônibus
O governador do Pará, Helder Barbalho, visita a fábrica da Eletra. Foto: Marco Santos/Divulgação/Ag. Pará.

Características dos ônibus

Os veículos são do modelo e-Bus, com 12,1 metros de comprimento, piso alto, capacidade para 75 passageiros e autonomia de 250 km. Além disso, são silenciosos, possuem ar-condicionado, wi-fi e USB para carregar celulares, e têm zero emissão de poluentes.

Os ônibus têm tecnologia de tração elétrica e integração Eletra, carroceria Caio eMillennium, motor elétrico e baterias WEG – todas elas empresas brasileiras – e chassis Mercedes Benz, fabricados em São Bernardo do Campo (SP).

 

Ler o Anterior

PepsiCo usará caminhão elétrico para transporte no interior de SP

Ler o Próximo

VW recebe R$ 500 mi do BNDES para desenvolvimento de VEs

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular