Canal VE

18 de maio de 2024

Comparativo de emissões coloca Brasil em vantagem competitiva

Carros trafegam por avenida movimentada de São Paulo, com a Ponte Octávio Frias ao fundo

Até 2040, 20% da frota de automóveis do Brasil será elétrico Foto: Envato/Elements

Um teste comparativo realizado pela Stellantis verificou que o carro 100% elétrico, utilizando energia produzida no Brasil, e o veículo movido a etanol são mais sustentáveis para o meio ambiente do que outros modelos no conceito “do poço à roda” (ou “do campo à roda”, no caso de biocombustíveis).

O teste dinâmico realizado no simulador comparou um veículo alimentado com quatro fontes distintas de energia, a fim de mensurar a emissão total de CO2 em cada situação. 

O automóvel foi abastecido com etanol e comparado em tempo real com a mesma situação de rodagem em três alternativas: com gasolina tipo C (E27); 100% elétrico (BEV), abastecido na matriz energética brasileira, e 100% elétrico (BEV) abastecido na matriz energética europeia. 

Na comparação, foram utilizadas metodologia e tecnologia de conectividade desenvolvidas pela Bosch, que consideram não apenas a emissão de CO2 associada à propulsão, mas as emissões correspondentes a todo o ciclo de geração e consumo da energia utilizada. É o conceito ‘do poço à roda’ (well-to-wheel) ou ‘do campo à roda’ (field-to-wheel), no caso dos biocombustíveis.

Mão de homem segura mangueira de abastecimento de etanol próximo a veículo
Abastecimento com etanol é alternativa para descarbonização. Foto: Envato/Elements.

Resultados do teste

De acordo com a Stellantis, após o veículo percorrer 240,49 km no teste, o carro movido a etanol (E100) emitiu 25,79 kg CO2eq, menos da metade do que um carro movido a gasolina no mesmo teste: 60,64 kg CO2eq.

O saldo final mostra que, na comparação entre os dois combustíveis, o uso do etanol evitou a emissão de 34,85 kg de CO2eq no trajeto, o equivalente a 144 gramas de CO2eq por quilômetro rodado. O etanol reduz mais de 60% a pegada de carbono na comparação com o combustível fóssil.

O uso do etanol também apresentou um resultado melhor que o do carro 100% elétrico (BEV) que usou energia europeia: 30,41 kg CO2eq

Apenas o carro 100% elétrico (BEV) que utilizou energia brasileira teve um índice menor que o etanol no teste dinâmico: 21,45 kg CO2eq.

“Os resultados comprovam as vantagens comparativas da matriz energética brasileira, principalmente a importância dos biocombustíveis para uma mobilidade mais sustentável”, analisou Antonio Filosa, presidente da Stellantis para a América do Sul. 

Imagem mostra detalhe da plantação de cana-de-açúcar
Cana-de-açúcar é a matéria-prima do etanol. Foto: Divulgação/Unica.

Vantagens da matriz brasileira

Para a Stellantis, a matriz energética brasileira, em que se destacam os biocombustíveis e a energia elétrica gerada por meios renováveis, é uma vantagem comparativa do país, que pode ser usada para promover uma mobilidade mais sustentável

Quando considerado o saldo total de emissões de todo o ciclo energético, o veículo movido a etanol apresenta vantagens inclusive em comparação com um veículo elétrico a bateria abastecido com energia gerada na Europa, consideradas as características da matriz energética europeia.

O estudo da Stellantis deixa claro que não se deve contrapor descarbonização e eletrificação. Para a companhia, a descarbonização é o resultado desejado e necessário, enquanto a eletrificação é um dos caminhos para se alcançar a descarbonização da mobilidade. 

Assim, de acordo com a avaliação, a utilização do etanol combinado com eletrificação é o caminho mais rápido e viável do ponto de vista social, econômico e ambiental para uma crescente eletrificação da frota brasileira.

Trator trabalha na colheita da cana-de-açúcar
Renovável, produção do etanol é mais limpa que a de combustíveis fósseis. Foto: Divulgação/Unica.

Ler o Anterior

Casal britânico inicia jornada de 27 mil km em um carro elétrico

Ler o Próximo

GWM fecha parceria com a WEG para criar pontos de recarga

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular