Canal VE

14 de junho de 2024

Caxias do Sul terá vaga rotativa com recarga para carros elétricos

Local para estacionar pintado de verde com ponto de recarga para veículos elétricos

A cidade gaúcha terá vaga para VEs em teste nessa primeira semana de julho. Foto: Divulgação/Prefeitura de Caxias do Sul

A cidade de Caxias do Sul (RS) iniciou testes de vaga de estacionamento rotativo (Zona Azul) exclusiva para veículos elétricos, com direito a ponto de recarga para o usuário. O custo do estacionamento é R$ 4,40 por hora.

Se não houver nenhum problema durante o período de testes, iniciados em 3 de julho de 2023, a vaga em via pública deve entrar em pleno funcionamento a partir do dia 10 de julho de 2023

Durante essa etapa, a recarga estará disponível apenas no horário do parquímetro: de segunda a sexta, das 9h às 19h, e aos sábados, das 9h às 12h.

A vaga é exclusiva para utilização de veículos elétricos em abastecimento. Em caso de descumprimento, o condutor poderá ser autuado por estacionamento incorreto, segundo o Código Brasileiro de Trânsito.

O ponto de parada está localizado no centro da cidade, na Rua Marquês do Herval, entre a Rua Sinimbu e a Avenida Júlio de Castilhos.

Ponto de recarga em vaga pública exclusiva para veículos elétricos
O valor da recarga será equivalente ao da Zona Azul e contará com equipamento Wemob Parking, da WEG. Foto: Divulgação/Prefeitura de Caxias do Sul

Recarga em via pública

Com relação à recarga, o valor será equivalente ao pago pela Zona Azul, que é de R$ 4,40 por hora. Ao acionar o equipamento de recarga, o cliente terá acesso a um QR Code que deve ser lido pelo aplicativo de estacionamento rotativo, o Rek Parking, e indicar a quantidade de horas que ele permanecerá no local. Após o período solicitado, o equipamento desliga automaticamente.

“Ao pagar pelo estacionamento, já estará pago o abastecimento pelo mesmo tempo. Se o período de permanência for renovado pelo aplicativo e o veículo ainda estiver conectado ao cabo de energia, ele volta a ser carregado. Até expirar o tempo ou atingir o abastecimento completo do sistema elétrico”, explica o gerente de Cadastro e Estacionamento Rotativo da Secretaria Municipal de Trânsito, Rodrigo Tolves.

A prefeitura não informa qual a potência do equipamento utilizado, mas trata-se do Wemob Parking, da WEG. No site da fabricante, o modelo é indicado como “estação desenvolvida especialmente para uso compartilhado em estacionamentos públicos e privados”, com a potência nominal de 22 kW de potência.

Paquímetro da cidade de Caxias do Sul para cobrança de Zona Azul
O mesmo pagamento feito no paquímetro valerá para a recarga. Foto: Divulgação/Rodrigo Rossi

Segunda vaga já em análise

De acordo com os testes que serão realizados nesta primeira vaga, analisando a procura, necessidade e forma de utilização, um segundo ponto já é estudado pela Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM).

“Serão avaliadas questões como necessidades, forma de utilização, procura. O equipamento tem característica de recarga emergencial. A ideia, em princípio, não é que sirva para deixar a bateria plena. Ainda assim, o totem está munido de um impulsionador, que funciona como se fosse uma carga de choque. Mais rápido do que um carregador convencional”, explica Tolves.

Ler o Anterior

Rodovia em Campinas (SP) terá eletroposto de carga rápida

Ler o Próximo

Santo André vai testar ônibus elétrico no transporte municipal

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular