Canal VE

14 de junho de 2024

BYD supera Tesla em vendas globais de veículos elétricos

Carro vermelho BYD HAN EV

BYD HAN EV tem bom resultado nas vendas no primeiro semestre de 2022

A BYD se tornou a líder global em vendas de veículos elétricos, superando a Tesla, até então a primeira colocada no segmento. A empresa chinesa alcançou a marca de 641.350 unidades vendidas no primeiro semestre deste ano, um aumento de 315% em relação ao mesmo período do ano anterior. 

Para efeito de comparação, a BYD vendeu quase 80 mil veículos elétricos a mais que a concorrente nos seis primeiros meses de 2022. As vendas de junho foram as mais significativas para a montadora alcançar o feito. Foram 134.036 veículos elétricos comercializados, uma alta de 162,7% em relação ao mesmo mês de 2021.

“Ao longo dos anos, a BYD segue firme seu propósito de liderar a transição entre a economia verde e o desenvolvimento sustentável para mitigar as mudanças climáticas”, afirma Adalberto Maluf, diretor de Marketing e Sustentabilidade da BYD Brasil. 

“Acreditamos na solução integrada da energia solar fotovoltaica com os veículos elétricos. Queremos mostrar ao mundo que é possível termos um futuro de baixo carbono com muitos empregos verdes na nova indústria sustentável”, diz.

Variedade de modelos agrada

Entre os principais veículos comercializados em junho de 2021 está o SONG, que teve 32.658 unidades vendidas no mês. O SUV de conjunto híbrido deve chegar ao Brasil em 2023, com o preço estimado em R$ 270 mil.

Outro ótimo desempenho no mercado foi o do sedan de luxo HAN EV, que teve 25.439 unidades vendidas globalmente. O modelo, totalmente elétrico, foi apresentado recentemente ao mercado brasileiro e agradou ao público, tanto que o primeiro lote da pré-venda já se esgotou. As vendas terão início no segundo semestre de 2022.

Já o TAN EV, SUV de sete lugares, também 100% elétrico, registrou 8.134 unidades vendidas no mundo todo. O modelo foi o primeiro veículo de passeio comercializado pela BYD no Brasil. 

Ainda em junho, os modelos YUAN, com 19.731 unidades vendidas, e o sedan QIN, com 26.623 veículos comercializados, também contribuíram para os bons resultados da marca no mercado internacional.

Valor de mercado

O aumento nas vendas impulsionou os papéis da BYD nas bolsas de valores. As ações da empresa chinesa acumulam alta de 36% desde janeiro, com a capitalização de mercado alcançando um patamar de cerca de US$ 149 bilhões.

Já as ações da Tesla acumulam queda de 35% neste ano na Nasdaq. O valor de mercado da empresa americana é de aproximadamente US$ 706 milhões.

Ler o Anterior

Você sabe quanto custa um motor elétrico para carro?

Ler o Próximo

Vendas de veículos 100% elétricos a bateria disparam no Brasil em 2022

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular