Canal VE

18 de maio de 2024

BYD prepara lançamento de um sedã para competir com Corolla

BYD King, sedã médio da montadora chinesa deve chegar ao Brasil ainda em 2024

BYD King chega ao Brasil em breve, como um concorrente direto do Corolla Hybrid. Foto: Divulgação/BYD

A BYD deve lançar nos próximos meses para o mercado brasileiro o King, um sedã médio híbrido plug-in (PHEV) que deve competir com o Toyota Corolla Hybrid (HEV). O modelo, equipado com um conjunto de baterias Blade de 18,3 kWh, garante uma autonomia elétrica de até 120 km e um alcance combinado de até 1.200 km.

Lançado recentemente no México, o veículo está sendo comercializado por 499.800 pesos (aproximadamente R$ 150 mil). O modelo, assim como o Dolphin Mini, teve seu nome alterado para o mercado da América Latina. Na China, o veículo é chamado de Destroyer 5. Com base no modelo lançado no México, o BYD King deve vir ao Brasil com motor 1.5 DM-i híbrido plug-in (PHEV), assim como o Song Plus. Com essas características, o “rei” da BYD garante uma potência de 260 cv de potência e 40 kgfm de torque, que proporciona uma aceleração de 0 a 100 km/h em 7,2 segundos

Parte interna do BYD King, sedã médio da montadora chinesa deve chegar ao Brasil ainda em 2024
Assim como todos os carros da BYD, o King tem muita tecnologia e conforto para a família. Foto: Divulgação/BYD

Comparação com o Corolla Híbrido

O carro deve chegar ao Brasil com a missão de se tornar o sedã médio híbrido mais vendido do país, posto este ocupado pelo Corolla Hybrid. Vale ressaltar que, apesar de competirem na mesma categoria, o BYD King é um híbrido plug-in (PHEV), enquanto o Corolla é um híbrido tradicional (HEV).

Com relação ao tamanho dos veículos, o BYD King é maior que o Corolla. São 4,78 m de comprimento, 1,84 m de largura, 1,49 m de altura e 2,72 m de distância entre-eixos. Enquanto o modelo da montadora japonesa possui 4,63 m de comprimento (15 centímetros a menos), 1,78 m de largura (seis centímetros a menos), 1,45 m de altura (quatro centímetros a menos) e uma distância entre-eixos de 2,70 m (dois centímetros a menos). O porta-malas do BYD King também é maior, com capacidade para 488 litros, contra 470 do Corolla.

Comparando a potência, são 260 cv do BYD King contra 122 cv do Corolla, além de um torque de 40 kgfm do modelo chinês contra 16,6 kgfm do carro japonês. A aceleração de 0 a 100 km/h também possui uma diferença considerável, sendo 7,2 segundos do King e 12 segundos para o Toyota Corolla.

BYD King, sedã médio da montadora chinesa deve chegar ao Brasil ainda em 2024
Na comparação com o Toyota Hybrid, o BYD King tem mais espaço interno e no porta-malas. Foto: Divulgação/BYD

Salão do Automóvel de Pequim 

O King foi um dos modelos expostos pela BYD no Salão do Automóvel de Pequim, e ficou à disposição dos visitantes, que puderam conferir toda a tecnologia do sedã.

Durante o evento, a montadora também apresentou um carro-conceito com uma pegada mais esportiva, o BYD Ocean M. O veículo é um hatchback e deve ser lançado no mercado chinês no terceiro trimestre de 2024 a um preço entre cerca de 150.000 yuans e 200.000 yuans (entre R$ 105 mil e R$ 141 mil, na conversão direta). O BYD Ocean M deve ser produzido na nova plataforma da montadora, que deve ser anunciada em breve.

BYD Ocean M é um carro-conceito, com pegada esportiva, apresentado pela montadora no Salão do Automóvel de Pequim
BYD Ocean M é um carro-conceito, com pegada esportiva, apresentado pela montadora no Salão do Automóvel de Pequim. Foto: Divulgação/BYD

Ler o Anterior

Eletrificação da frota de veículos já é uma realidade no Brasil

Ler o Próximo

Eletropostos Volvo já conectam 13 mil km de rodovias no Brasil

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular