Canal VE

25 de fevereiro de 2024

BMW entrega mais de 20 mil carregadores elétricos no Brasil

Carregador residencial da BMW em uso

A montadora alemã ultrapassou a marca de 20 mil carregadores entregues no Brasil. Foto: Divulgação/BMW

Com o mercado em amplo crescimento mês a mês, de maneira acelerada, a BMW está buscando desenvolver o ecossistema voltado para os carros elétricos. Com isso, a montadora celebra a marca de mais de 20 mil carregadores entregues no Brasil.

Esse número, além dos carregadores particulares, conta também com mais de 400 equipamentos compartilhados e públicos, que podem ser usados sem custos, no Brasil.

“O feedback dos nossos clientes é claro: eles preferem fazer o carregamento em residência ou nas empresas por questão de conforto, privacidade e segurança. Por isso, vamos seguir entregando carregadores com todos os nossos modelos elétricos BMW e Mini vendidos no Brasil”, afirma Márcio Filho, diretor de suporte ao cliente BMW e Mini do Brasil.

O executivo afirma que a marca deve continuar priorizando as entregas e vendas de carregadores residenciais, contudo, destaca que a BMW seguirá investindo em opções de recarga públicas e gratuitas.

“Além de apoiar a venda de produtos, seja no canal corporativo ou privado no Brasil, seguiremos ampliando a oferta de rede pública compartilhada no país”, reforça o executivo.

Carregador residencial da BMW em uso
A prioridade da BMW, segundo o diretor da empresa, está nos carregadores residenciais, mas sem deixar de lado os públicos. Foto: Divulgação/BMW

Wallbox e carregadores de emergência para toda a linha

Todos os modelos da BMW possuem uma característica em comum: são entregues com carregadores, seja um Wallbox, carregador de emergência ou ambos. O recém-lançado, BMW i7, chega ao país com três carregadores de série (dois carregadores fixos BMW Wallbox e um carregador emergência).

Além disso, o cliente também pode optar pela compra de carregadores extras, à venda na rede de concessionárias ou diretamente pela loja oficial do BMW Group Brasil no Mercado Livre.

Com todos esses movimentos voltados para o mercado de recarga, a montadora alemã ultrapassou a marca de 20 mil carregadores entregues em todo o Brasil. Esses números têm como foco atender uma projeção feita pela BMW de que, até 2030, 50% das vendas de veículos premium serão eletrificados.

Parte dianteira do BMW i7
O desenvolvimento do ecossistema para veículos elétricos faz parte do plano da montadora, visando as mudanças do mercado nos próximos anos. Foto: Divulgação/BMW

Ler o Anterior

Vammo recebe aporte milionário por motos elétricas no Brasil

Ler o Próximo

Para CEO da Siemens, gerenciar rede é desafio para eletrificação

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular