Canal VE

20 de julho de 2024

São Caetano do Sul adota ônibus elétrico no transporte municipal

Ônibus elétrico da Mercedes-Benz na cor verde tem a inscrição de São Caetano do Sul nas laterais

Ônibus eO500U, da Mercedes-Benz, já está circulando pelas ruas de São Caetano do Sul. Foto: Divulgação/Letícia Teixeira/PMSCS.

A cidade de São Caetano do Sul, no ABC Paulista, é mais uma a adotar ônibus elétricos no sistema de transporte municipal. O primeiro veículo do tipo na cidade é o eO500U, da Mercedes-Benz, que já começou a ser utilizado na Linha 03 – Circular Barcelona, sendo operado pela empresa concessionária VIPE (Viação Padre Eustáquio).

De acordo com a prefeitura, esta é a primeira etapa do processo de eletrificação da frota de ônibus municipais, que receberá mais veículos em breve. 

“Esta é uma experiência inédita na sustentabilidade, que trará ainda mais qualidade e modernidade à mobilidade urbana de São Caetano e, consequentemente, para o Programa Tarifa Zero”, disse o prefeito José Auricchio Júnior.

“A estreia do nosso ônibus elétrico urbano em São Caetano do Sul tem um significado especial para a empresa, que tem suas raízes e matriz no ABC Paulista, onde produz caminhões e chassis de ônibus há mais de 67 anos”, afirmou Walter Barbosa, vice-presidente de Vendas, Marketing e Peças & Serviços Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

 

Detalhes do veículo

O Mercedes-Benz eO500U é 100% elétrico a baterias, totalmente desenvolvido e produzido no Brasil. O veículo conta com eixo de tração ZF AVE 130 com dois motores elétricos instalados junto aos cubos das rodas, um conceito que já foi aplicado em outros modelos da marca na Europa. 

De acordo com a empresa, neste conceito de eixo elétrico, um motor assíncrono com potência de 125 kW e refrigerado com líquido de arrefecimento é instalado junto a cada roda. O eixo tem uma potência total de até 250 kW (340 cv) com um torque de 2 x 485 Nm. 

Para recarregar os veículos na garagem ou no terminal, as modernas células de liga de níquel-manganês-cobalto (NMC), da BorgWarner, utilizadas pela Mercedes-Benz, são apropriadas para uma recarga de até três horas. 

Cada pacote de bateria é composto por 9 módulos e cada módulo é composto por 600 células. A capacidade nominal de cada pacote de bateria é de 98 kWh, gerando um total de 588 kWh na configuração máxima de 6 pacotes. 

O ônibus elétrico utilizado em São Caetano do Sul é um modelo Padron 4×2 de piso baixo, com 13,2 metros de comprimento. Entre seus diferenciais está a autonomia de 250 km, suficiente para rodar o dia inteiro em qualquer uma das dez linhas municipais, além de uma série de comodidades, como ar-condicionado, wi-fi, suspensão a ar, tomadas USB, iluminação interna em LED e GPS.

Ler o Anterior

BloombergNEF: Brasil venderá cinco vezes mais VEs até 2027

Ler o Próximo

Quatro em cada dez veículos vendidos na China são elétricos

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular